O Casarão de noite em Morro de São Paulo
Farol de Morro de São Paulo
Cemiterio antigo de Morro de São Paulo
Fonte Grande de Morro de São Paulo
Fortaleza de Tapirandú de Morro de São Paulo
Igreja de noite em Morro de São Paulo
Vista daPrimeira Praia para o Farol de Morro de São Paulo
A frente do Casarão de Morro de São Paulo
A praça histórica de Morro de São Paulo
O Portal na Fonte Grande de Morro de São Paulo
O forte de Morro de São Paulo
Turista na Fonte Grande de Morro de São Paulo

A HistÓria de Morro de SÃo Paulo

 

Morro de São Paulo não é um lugar conhecido unicamente por suas belezas naturais e cultura rica. Nesta ilha se respira muita história também. Seu descobrimento foi no ano 1531, atribuído ao navegador português Martin Afonso de Souza. Teve grande influência no período colonial e em sua história foi alvo de pirataria e contrabando de mercadorias. Chegou a presenciar a Segunda Guerra Mundial quando os nazistas torpedearam e naufragaram os navios Arará e Itagiba em frente à Primeira Praia de Morro de São Paulo. Este motivo fez o Brasil entrar na Segunda Guerra Mundial.
       
Antes dos portugueses chegarem a Morro de são Paulo quem vivia nessas terras eram os índios Aimorés e Guerés. O povoamento chegou apenas quando em 1534 o atual Rei de Portugal D. João III dividiu o litoral baiano em três capitanias, uma delas a Capitania de Ilhéus, onde está presente o arquipélago de Tinharé – onde está Morro de São Paulo. Assim, no dia de São Paulo (29 de julho) o tenente Francisco Romero escolheu Morro de São Paulo para ser a sede da capitania.
       
Surgiu então o primeiro povoado europeu. A sede não durou muito tempo e foi trocada de local. Porém a colonização continuou e não parou mais. E sua função como local estratégico também continuou. No ano 1630 a Fortaleza Tapirandú começou a ser construída para defender a capital de ataques holandeses e de roubo das mercadorias. A construção da Igreja Nossa Senhora da Luz – nome de sua padroeira – foi em 3 etapas, a primeira delas em 1628. Sua finalização foi apenas no ano de 1845.
       
As casas e a população foram aumentando, e em 1746 iniciaram as obras da Fonte Grande para que a população e as tropas tivessem fornecimento de água. Antigos moradores contam que a não tanto tempo atrás os moradores tomavam banhos coletivos devido à falta de água encanada.. Em 1848 a construção do Farol de Morro de São Paulo foi iniciada. Foi construído com o objetivo de facilitar o acesso a cidade de Valença.

Até pouco tempo atrás ainda era um lugar tranqüilo de se viver. Nativos do local contam que a sobrevivência era basicamente a pesca. Um pequeno vilarejo onde até a década de 70 não havia telefone e luz elétrica. A luz elétrica só veio para ilha em 1985.

Atualmente Morro de São Paulo é um dos destinos tropicais mais procurados pelos turistas dos quatro cantos do mundo. Mas isso não foi sempre assim. Na década de 70 quando os primeiros veranistas surgiram à pacata vila não imaginava o que estria por acontecer. Os veranistas que alugavam as casas de pescadores começaram a construir suas próprias casas de veraneio. E quando os mochileiros e hippies descobriram a ilha espalharam através de seus relatos a beleza e encantamento pelo lugar.
       
Então os turistas chegaram e as casas do pequeno vilarejo viraram hotéis, pousadas e restaurantes. Mas é claro, ainda mantendo suas belezas naturais. Porém o crescimento não e as construções desordenadas começaram a aparecer também. Mas Morro de São Paulo ainda é um pedaço de paraíso que encanta a seus moradores e visitantes, que às vezes apaixonados pelo lugar resolvem troar a agitada vida na cidade por uma charmosa ilha. Existem tantos estrangeiros e gente do Brasil todo que vive em Morro de São Paulo que o lugar já tem uma cultura eclética que os incorpora. Com certeza é um belo lugar para se viver ou apenas visitar.

Morro de SÃo Paulo hoje

 Atualmente conta com uma infra estrutura quase completa para atender as demandas do turismo. No povoado encontramos além de muitas Pousadas e Hotéis, restaurantes com comida típica e requintada, inúmeras pousadas, hotéis, eco resorts, padarias, mercados, cyber cafés, lojas, agencia de turismo, feira de artesanato, posto policial, posto de saúde, ambulância, ambulancha, inúmeras opções de esportes e passeios e uma riquíssima vida noturna.
Coqueiros no forte histórico de Morro de São Paulo
Foto antiga da Segunda Praia de Morro de São Paulo
Muralha do forte ao lado do porto de Morro de São Paulo
Foto antiga de Pescadores nativos de Morro de São Paulo
O interior da igreja Nossa Senhora da Luz de Morro de São Paulo
O farol do lado da Fortaleza de Tapirandú de Morro de São Paulo
O Portaló de Morro de São Paulo
No alto do Morro do Farol de Morro de São Paulo
Igreja Nossa Senhora da Luz
A Vila antiga de Morro de São Paulo
O forte de Morro de São Paulo de dia
A igreja do Galeão de Morro de São Paulo

Morro de São Paulo - Pousadas - História - Como chegar - Cultura - Passeios - Atividades