Barco de Iemanjá na Praia de Morro de São Paulo
Capoeira na Quarta Praia de Morro de São Paulo
Pôr-do-sol no Monte Serrat em Salvador
Moqueca em Morro de São Paulo
Makulelé em Morro de São Paulo
Iemanjá nas ruas de Morro de São Paulo
Predio antigo em Morro de São Paulo
Flores da Iemanjá de Morro de São Paulo

A Cultura de Morro de São Paulo e região

 

O Baixo Sul da Bahia é também conhecido como Costa do Dendê e está situado entre o recôncavo baiano e o Rio de Contas, começando ao norte em Nazaré das farinhas até Itacaré mais ao sul. Em linha reta são 115 quilômetros de extensão, com aproximadamente 250 mil habitantes. Em sua vegetação encontramos um cenário de mata Atlântida, coqueirais, manguezais, belos rios e cachoeiras, além de restingas e um privilegiado litoral com praias que são verdadeiros cartões postais. O seu maior pólo turístico está no arquipélago Tinharé em Morro de São Paulo.
        A economia em toda esta área está diretamente ligada à pesca, assim como nas diversas áreas do comercio em geral e cuidado de belíssimas casas de veraneio.  Outra forte fonte de renda é a farta variedade de artesanato que se faz presente em todo o estado. Todas estas fontes de renda contam com o turismo que é um grande aliado ao crescimento local.
        As tradições religiosas e festas folclóricas estão presentes o ano todo, e mantém assim esta tradição viva passando de geração em geração. Na terra que conhecemos por ser a Bahia de todos os santos as crenças tem as mais variadas origens, sendo elas africanas, indígenas e portuguesas. Esta riquíssima e diversificada cultura pode ser contemplada no número de igrejas com suas construções desde a época do Brasil Colônia e nos famosos terreiros de pais e mães-de-santo.
        Os mais variados santos são cultuados em missas e feriados cristãos, bem como em suas entidades correspondentes nas religiões africanas – como o candomblé. Assim os santos são festejados e celebrados pelas ruas em harmonia.
        A festa mais celebrada é o São João onde todos se juntam para festejar. O evento é tão importante para os locais, que a Bahia é o único estado do Brasil em que as férias escolares não são no mês de julho e sim em junho para que todos comemorem a festa Junina.
        A música brasileira, que tem na Bahia o seu berço, é rica em uma variedade de sons e ritmos. Andando pelas ruas, ruelas, bares e praias percebemos que a música sempre está presente, desde o samba até axé e forró.
        A capoeira que é uma mescla de luta e dança onde apenas dois participantes fazem acrobacias sincronizas também é bastante comum presenciarmos pelas ruas. Sua música é tocada pelos instrumentos berimbau, reco reco, pandeiro, atabaque e caxixi.
        Mesmo em comunidades alternativas como o Morro de São Paulo a cultura baiana está marcada por crenças populares, dança, música, celebrações religiosas, cortejo a Iemanjá, festa Junina com apoio da Petrobrás, e uma vasta gama de artesanatos que encantam os olhos dos turistas que as chamam de famosas “lembrancinhas”.

Ensaio da danca africana em Morro de São Paulo
Museo da cidade de Salvador
Apresentação de danca africana em Morro de São Paulo
Capoeira, cultura de Morro de São Paulo
Caixa pregos perto de Morro de São Paulo
Capoeirista de morro de São Paulo
Povo antigo de Morro de São Paulo
Danca cultural afro apresentado em Morro de São Paulo

Morro de São Paulo - Pousadas - História - Como chegar - Cultura - Passeios - Atividades